Relação conjugal

O nervo ferve Inflamação nervosa causada pelo estresse

As espinhas nervosas são uma das consequências desagradáveis ​​do alto estresse e ansiedade, que muitas vezes fazem as pessoas se sentirem muito insatisfeitas. Pode ter acontecido com você que logo antes de um compromisso importante de trabalho ou na véspera de uma festa, você fica com espinhas em diferentes áreas, principalmente no rosto. Estes são todos conhecidos como furúnculos nervosos que aparecem quando o nível de hormônios do estresse aumenta. A seguir, fornecemos mais explicações sobre furúnculos nervosos, suas causas, métodos de prevenção e tratamento. Então fique conosco até o final do artigo.

O que são espinhas nervosas?

As espinhas nervosas são espinhas que aparecem em momentos estressantes da vida, com o aumento dos hormônios do estresse, como o cortisol. Porque os hormônios do estresse estimulam as glândulas sebáceas e levam à produção de excesso de gordura na superfície da pele. Isso fornece a base para o aparecimento de vários tipos de acne na pele.

A diferença entre acne nervosa e acne hormonal

Espinhas nervosas, como espinhas hormonais, aparecem como resultado de mudanças no nível de hormônios no corpo. com a diferença de que seu tempo de ocorrência é diferente. Por exemplo, espinhas hormonais relacionadas ao aumento dos níveis de hormônios femininos ou masculinos podem aparecer em determinados momentos, como antes do início do período, seu adiamento ou durante a puberdade. Mas furúnculos nervosos aparecem sempre que uma pessoa está envolvida em tensão e ansiedade. Em ambos os casos, com o aumento dos hormônios, as glândulas sebáceas da pele são estimuladas, produzem mais gordura e, por fim, a acne aparece em diferentes áreas, principalmente na face.

ler  Maus tratos ao idoso abuso de idosos

A relação entre estresse e problemas de pele

Pesquisas científicas mostram que o estresse não apenas leva a acne, mas também geralmente tem efeitos destrutivos na pele. Por exemplo, os pesquisadores chegaram à conclusão de que, se você tiver acne e ficar estressado, as espinhas piorarão e precisarão de mais tempo para cicatrizar. De fato, o alto estresse, além de levar ao aparecimento de furúnculos nervosos, também atrapalha seu processo de cicatrização. Isso faz com que as espinhas fiquem com a pessoa por mais tempo e tenham mais irritabilidade para piorar.

Causas de acne

Quais são as causas das espinhas nervosas? Como o próprio nome sugere, o estresse e estar sob condições tensas e nervosas é a principal causa do estresse. Mas nem todas as pessoas que ficam ansiosas apresentam sintomas de pele. Nesse sentido, várias pesquisas têm sido realizadas para identificar outros fatores que interagem com o estresse e levam à acne cutânea. Por exemplo, um estudo realizado na França em 2017 com 3.305 mulheres de 25 a 40 anos mostrou que cerca de 41% das mulheres que sofrem de acne na pele relatam experiências relacionadas ao estresse e à ansiedade. Como resultado, pode-se dizer que o estresse é um fator desencadeante muito importante na ocorrência de furúnculos nervosos, que exerce seu efeito através do hormônio cortisol. No entanto, pessoas que têm histórico de acne em outros membros da família. Eles têm problemas hormonais e usam alguns medicamentos especiais, são mais propensos a ter esse problema de pele do que outros.

ler  Formas de atrair os homens Que comportamentos e ações atraem os homens?

Prevenção e tratamento da acne

Para prevenir e tratar espinhas nervosas, é necessário lidar com a principal causa de sua aparência mais do que qualquer outra coisa. Como resultado, nada pode ajudá-lo neste campo tanto quanto técnicas auto-calmantes, tratamento de transtornos de ansiedade e redução do estresse diário. Mencionamos algumas recomendações importantes a esse respeito.

1- Aprenda a habilidade de gerenciar emoções

Uma das habilidades importantes que você deve aprender na vida é como gerenciar e regular emoções diferentes. As pessoas que têm essa habilidade sempre se sentem mais tranquilas por dentro e têm mais controle sobre a vida. Essa habilidade ajuda você a aceitar emoções negativas como raiva, tristeza e ansiedade e a usar métodos razoáveis ​​para reduzi-las. Se você sente que está enfrentando muitos problemas nesse campo, usar livros de autoajuda, oficinas educacionais e ir a um psicoterapeuta pode ajudá-lo muito nesse campo.

2- Use técnicas de auto-calmante

Na psicologia, existem várias técnicas auto-calmantes que podem ajudá-lo a gerenciar o estresse diário em grande medida. Essas técnicas incluem respiração profunda, relaxamento e atenção plena. Por exemplo, no relaxamento, você precisa dedicar alguns minutos do dia para se acalmar. Portanto, sente-se ou deite-se em algum lugar. Coloque todos os seus músculos em um estado sem tensão, mantenha os olhos fechados e use a inspiração e a expiração profundas. Tente se concentrar apenas na respiração durante o relaxamento para evitar emoções negativas. Lembre-se que existem vários métodos e técnicas de auto-calmante que você precisa buscar ajuda de um psicólogo para conhecê-los melhor e adquirir mais habilidades.

3- Tratar transtornos de ansiedade

Experimentar estresse grave ou crônico pode levar a vários transtornos de ansiedade, como transtorno de ansiedade generalizada e transtorno de estresse pós-traumático. Nesta situação, você estará mais exposto às consequências do estresse, dos quais os furúnculos nervosos são apenas um deles. Por isso, é necessário dar mais atenção à sua saúde mental e se sentir que está passando por muita ansiedade, procure ajuda de um terapeuta especializado em saúde mental, como um psicólogo ou um psiquiatra.

ler  Para que serve a pílula de gabapentina? Efeitos colaterais da gabapentina 100 e 300

4- Obtenha ajuda do esporte

O exercício é um dos hábitos de vida muito úteis que têm um impacto significativo na saúde mental das pessoas. Especialmente praticar esportes como ioga, juntamente com exercícios de meditação, pode relaxar muito e, assim, eliminar o estresse diário. Portanto, tente dedicar mesmo curtos períodos de tempo para se exercitar durante o dia.

5- Adote uma rotina de pele adequada

Além de cuidar da saúde mental, é preciso cuidar da sua pele para que ela fique menos danificada sob a influência de diversos fatores. Entre as rotinas de pele que podem ajudar a reduzir a acne estão lavar a pele diariamente com detergentes apropriados, usar protetor solar ao sair e usar produtos de limpeza à base de água. foram produzidos e é mencionado o uso de cremes e loções sem gordura.

Você pode entrar em contato com os melhores especialistas do Centro de Aconselhamento Psicológico Mendan Nou através do número 02191002360 para receber aconselhamento telefônico na área de ansiedade e estresse.

perguntas frequentes

Como o estresse causa acne?

O estresse pode afetar indiretamente a ocorrência de furúnculos nervosos. Porque o estresse aumenta o hormônio cortisol no corpo. Este hormônio, por sua vez, leva à estimulação das glândulas sebáceas da pele e, ao aumentar a secreção de sebo, fornece a base para a ocorrência de todos os tipos de acne.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo