Relação conjugal

O mecanismo de defesa da racionalização – The New Mind

Qual é o mecanismo de defesa da divulgação e como isso ajuda as pessoas? A racionalização é um dos mecanismos de defesa que faz com que as pessoas ignorem os aspectos emocionais e emocionais de várias questões e prestem atenção apenas ao seu aspecto lógico. O benefício desse mecanismo de defesa é que ele impede o encontro doloroso com sentimentos desagradáveis, dando asas à força racional. No restante deste artigo, fornecemos mais explicações sobre o mecanismo de defesa da racionalização. Então fique conosco até o final do artigo.

O mecanismo de defesa da racionalização; Familiaridade com mecanismos de defesa

Mecanismos de defesa são conceitos que foram propostos pela primeira vez por Sigmund Freud na teoria psicanalítica e depois expandidos pelos psicanalistas pós-freudianos. Esses mecanismos referem-se a qualquer comportamento que inconscientemente nos protege de pensamentos, desejos e emoções desagradáveis ​​e não permite que as tensões causadas por eles entrem no campo da consciência. Os mecanismos de defesa funcionam de diferentes maneiras, portanto, diferentes tipos deles são conhecidos até agora, e a racionalização é um deles.

ler  Casamento fácil Casamento fácil do ponto de vista dos psicólogos

Qual é o mecanismo de defesa da racionalização?

Sigmund Freud propôs mecanismos de defesa como solução para equilibrar diferentes estruturas psicológicas. Ele acreditava que a estrutura psicológica humana consiste em 3 partes, que inclui o id, ego e superego. A ajuda é a fonte de energia psíquica e responsável por todos os nossos desejos e instintos básicos. Os seres humanos têm a estrutura do id desde o nascimento, mas as outras duas partes surgem com o tempo e no curso do desenvolvimento psicológico. Na verdade, o ego é responsável por medir a realidade. Com o tempo, essa estrutura ajuda a criança a poder medir seus desejos com as possibilidades da realidade e assim encontrar um poder maior de realismo. Com o tempo, a estrutura do superego também emerge. O superego é responsável por avaliar os desejos e instintos humanos com base em valores morais e normas sociais. Freud acreditava que quando o id impõe desejos em conflito com o superego na psique humana, ele experimenta tensão e ansiedade. Para se livrar dessa tensão, o ego pode usar o mecanismo de defesa da racionalização. Isso significa que uma pessoa inconscientemente tenta se distanciar dos aspectos emocionais e emocionais dos problemas ao redor e lidar com eles de uma maneira completamente lógica. Isso ajuda a pessoa a se livrar de emoções desagradáveis ​​e evitar encontros dolorosos com elas.

Exemplos da aplicação do mecanismo de defesa da racionalização na vida cotidiana

Todos nós usamos inconscientemente o mecanismo de defesa da racionalização em algumas situações da vida. Portanto, com um pouco de cuidado no comportamento das pessoas ao nosso redor, podemos ver isso nos outros também. No entanto, como os mecanismos de defesa ocorrem fora do âmbito da consciência, a própria pessoa não pode estar ciente de usá-los no momento. A seguir, apontamos alguns exemplos da aplicação do mecanismo de defesa da racionalização na vida cotidiana. – Uma pessoa que tem um humor baixo e deprimido e nunca enfrenta fatores depressivos. Em vez disso, ele tenta justificar racionalmente sua depressão. – Uma pessoa que falhou em um teste importante não expressa seus sentimentos ruins e justifica essa falha com argumentos como que essa responsabilidade estava além de seu poder. – Em um relacionamento emocional, uma pessoa não pode expressar seus sentimentos positivos e negativos e se faz parecer muito sábio e lógico. Na verdade, ao fazer isso, ele evita enfrentar seus sentimentos.

ler  Impedindo o casamento de crianças Por que o casamento da criança não deve ser impedido?

Mecanismo de defesa da racionalização de barreira em psicoterapia

O mecanismo de defesa da racionalização é um dos importantes obstáculos terapêuticos que podem afetar muito o processo de cura das pessoas. Porque nesta situação, uma pessoa não pode enfrentar suas emoções desagradáveis ​​e ver suas dores e sofrimentos. Essa questão faz com que ele use demais argumentos lógicos e de alguma forma se separe da parte emocional da história. Nessa situação, o terapeuta tenta ajudar a pessoa a obter mais insights sobre as motivações inconscientes e a abandonar o uso frequente e excessivo de mecanismos de defesa. Felizmente, psicoterapeutas treinados e experientes no campo da psicanálise e outras abordagens psicanalíticas podem lidar com essa questão em reuniões e ajudar os clientes a dar passos mais positivos em direção ao tratamento.

ler  O que é hipnose? Benefícios e efeitos colaterais da terapia de hipnose

última palavra

Todos os mecanismos de defesa surgem durante o desenvolvimento e ajudam a gerenciar tensões e tensões internas e externas. No entanto, os especialistas acreditam que seu uso frequente e extremo não apenas não ajuda a nos proteger, mas também fornece a base para a ocorrência de problemas neuróticos e danos psicológicos. Portanto, se uma pessoa está inflexivelmente envolvida em um mecanismo de defesa, é necessário buscar ajuda de um terapeuta psicológico para melhorar a situação. Este trabalho não só lhe permite desenvolver uma personalidade mais madura, mas também previne a ocorrência de vários transtornos mentais.

Para receber conselhos sobre mecanismos psicológicos, você pode ligar para os principais especialistas do Centro de Aconselhamento Psicológico Mendan Nou em 02191002360 a qualquer hora do dia.

perguntas frequentes

Uma pessoa que usa excessivamente o mecanismo de defesa da racionalização não tem experiência de emoção?

Não se pode dizer que essas pessoas sejam completamente desprovidas de sentimentos e emoções. Uma explicação melhor é que eles geralmente são incapazes de experimentar emoções profundas e estão constantemente tentando evitar enfrentar suas emoções.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo