Relação conjugal

Corte o relacionamento Como posso terminar com meu namorado/namorada sem ficar chateado?

Corte o relacionamento Geralmente está associado a mais dificuldade para a pessoa que pretende fazer isso. Por outro lado, o sentimento de fracasso amoroso é criado na pessoa que partiu, essa situação dificulta a separação, enquanto a permanência no relacionamento não atende às expectativas de pelo menos uma das partes. Se houver um problema no relacionamento que o incomoda e você está pensando em terminar, definitivamente deve procurar a ajuda de um especialista para revisar o relacionamento. Se você não sabe como terminar seu relacionamento, fique conosco até o final do artigo.

Corte e termine o relacionamento

Estar em um relacionamento onde tudo está ao nosso gosto é uma das necessidades mais importantes e profundas de qualquer pessoa; Quanto mais profundo seu relacionamento ou quanto mais longo for, mais difícil será terminá-lo. A passagem de mais tempo significa que seu relacionamento se aprofundou e vocês têm mais memórias um com o outro e todas essas questões dificultarão o corte. Embora muitas vezes um relacionamento termine quando você não é mais tão próximo quanto costumava ser, às vezes você precisa terminar o relacionamento apesar do amor pelo seu parceiro. Por exemplo, quando o objetivo de seu relacionamento emocional não é o mesmo ou quando um de vocês decide emigrar, você terá que tomar uma decisão séria para continuar seu relacionamento.

O corte afetará seu estado mental por um tempo. Por esse motivo, é melhor tentar aumentar seu conhecimento sobre como terminar um relacionamento e procurar ajuda de conselheiros psicológicos para reduzir a possibilidade de danos psicológicos. Clique para receber conselhos sobre o relacionamento entre um menino e uma menina.

Por que é difícil cortar relacionamento emocional e romântico?

Cortar e se separar de um namorado (ou namorada) ou de um relacionamento afetivo é uma questão dolorosa e difícil para quem causa muita pressão psicológica. Essa pressão mental geralmente faz com que você adie regularmente uma decisão séria sobre esse assunto. Talvez você também saiba que está em um relacionamento doentio, mas não toma uma decisão fundamental para terminá-lo ou não implementa suas decisões. A seguir, mencionamos alguns motivos gerais que eram comuns ao nosso público, com um exame mais detalhado por um especialista, podemos identificar seus motivos exclusivos e fornecer serviços de consultoria para tomar uma decisão adequada. Clique para saber mais sobre os sinais de um relacionamento doentio.

ler  Hormozgan aconselhamento matrimonial O melhor conselheiro matrimonial em Hormozgan

Medo da solidão e fracasso amoroso

Uma das razões mais comuns que nos impedem de cortar um relacionamento é que não gostamos de experimentar os sentimentos e condições negativas após um rompimento. É por isso que continuamos nosso relacionamento com todos os problemas óbvios no relacionamento. Lembre-se de que todos nós entramos em um relacionamento por conforto e, como ser humano, você tem o direito de desfrutar de seu relacionamento. Portanto, se por algum motivo não houver paz em seu relacionamento, é melhor parar de continuar o mais rápido possível.

Sentindo pena e remorso pela outra parte

Às vezes nos preocupamos com a outra parte. E porque ele não se machuca, ou o senso de religião em relação aos seus afetos, ou as condições adversas da outra parte, nos sentimos culpados por terminar o relacionamento. Se você estiver nessa situação, é melhor procurar ajuda de conselheiros psicológicos para reduzir a pressão mental e encontrar uma solução adequada. Os psicólogos ajudam você a se separar pacificamente e com uma melhor compreensão da situação.

Dúvidas sobre a veracidade da decisão

O corte é realmente a única solução que resta para você? Terminar um relacionamento pode ter muitas consequências. Por exemplo, você pode estar envolvido em emoções negativas por um longo tempo ou pode não conseguir entrar em um novo relacionamento. Às vezes, você também pode ter medo de se arrepender no futuro, mas não há como voltar atrás. Essas dúvidas o tornarão incapaz de tomar uma decisão decisiva para o seu relacionamento. Nesta situação, tente ser honesto consigo mesmo o máximo possível. Responda à pergunta: até que ponto você realmente alcançou seus desejos a esse respeito? Ou as faltas desse relacionamento são tão valiosas para você que você destruiria todo o relacionamento por eles? Esse relacionamento me causará crescimento ou prejuízo? Esse relacionamento atende às suas expectativas no futuro? E….

sentir-se perdido

Você gasta muito tempo e emoção em um relacionamento emocional. Às vezes, esses custos impedem que você decida facilmente terminar o relacionamento. Em tal situação, é melhor colocar as despesas que você pagou pelo relacionamento em uma ponta da escala e colocar suas razões para terminar o relacionamento na outra ponta. Em seguida, pergunte a si mesmo se seria realmente de seu interesse terminar o relacionamento. Ao mesmo tempo, observe que quanto mais o tempo passar, maior será sua perda, então gastar tempo fará diferença em sua situação? Se você passasse o mesmo tempo em outro relacionamento, não alcançaria o resultado desejado mais cedo?

ler  Tirar um tempo para si mesmo - a nova mente

Falta de auto confiança

O medo de perder a possibilidade de vivenciar um relacionamento afetivo ou dependências excessivas da outra parte estão entre os motivos de sua incapacidade de se cortar. Portanto, se as fraquezas de sua personalidade o impedem de tomar a decisão certa para seu relacionamento, identifique-as com a ajuda de um psicólogo. Desta forma, você será capaz de tomar a decisão certa.

O que fazer e o que não fazer ao cortar Como sair de um relacionamento?

1- Tome uma decisão firme

Ameaçar sair prejudicará seriamente seu relacionamento emocional. Esse método nem é adequado para assustar seu parceiro romântico. Talvez com isso você pretenda verificar seu valor com seu parceiro emocional. Mas essas ameaças prejudicarão seu relacionamento em vez de ajudá-lo.

Se você quer que a outra parte leve suas palavras a sério, é melhor falar apenas sobre um assunto quando você realmente decidiu sobre ele. Ameaças sem ação deixam a outra parte cansada. E isso o desencoraja a continuar o relacionamento ou reduz o valor de suas palavras para ele. Porque você o ameaçou repetidamente para sair. Mas você não o implementou. Certifique-se de ler o artigo sobre o medo da separação do amor.

2- Fale com a outra parte para cortar

Cortar um relacionamento afetivo sem dar nenhuma explicação à outra parte é um dos erros que infelizmente está se tornando popular. Se você tomou uma decisão séria de terminar seu relacionamento, converse sobre isso com seu parceiro romântico. Explique suas razões para ele com calma. Nesta conversa, deixe-o falar e se defender ou expressar as soluções que tem para continuar o relacionamento. Durante a conversa, tente não fazer com que a outra parte sinta que ele é o único culpado pela situação e mantenha o respeito de todos o máximo possível.

De acordo com pesquisas sobre o corte de relacionamentos emocionais; Se você e seu parceiro emocional se despedem em uma atmosfera amigável; O período de luto após o relacionamento passará mais rápido e com menos intensidade. Além disso, sua saúde mental estará mais segura. Portanto, se você não obtiver o resultado desejado na conversa com a outra parte, tente se separar em um ambiente amigável.

3- Termine realmente o relacionamento

Se você decidiu terminar seu relacionamento, então você deve terminá-lo completamente. Terminar um relacionamento afetivo, mas continuar como amizade social, colaboração ou qualquer outro assunto, é um erro muito grande. Portanto, nunca faça isso em hipótese alguma. Além de dificultar o esquecimento do relacionamento emocional, esse problema também afetará seus outros relacionamentos. Como resultado, se você está procurando uma decisão de terminar um relacionamento, é melhor prestar atenção a essa questão.

ler  Quais são os sintomas do Hpv em mulheres?

4- Ter aceitação

Quanto mais rápido você puder lidar com a realidade e aceitá-la, mais rápido os sentimentos negativos que você experimenta terminarão. Como resultado, já que você decidiu terminar o relacionamento, aceite o fato de que a vida do seu relacionamento acabou. E tente ao máximo não procurar desculpas para continuar o relacionamento ou recomeçar. Em tal situação, preste atenção a outros aspectos de sua vida e espere pelo seu futuro.

O papel do novo conselheiro mental para cortar o relacionamento

Decidir terminar um relacionamento é uma daquelas decisões que talvez nunca queiramos tomar. Às vezes, pode haver soluções além do corte que você não conhece, às vezes, mesmo sabendo que é do seu interesse terminar um relacionamento, pode não ser capaz de tomar essa decisão ou não deixar de lado o negativo sentimentos após a separação.

Em todas essas situações, você pode obter ajuda de um conselheiro matrimonial. Os conselheiros, por sua expertise e experiência no campo das relações afetivas, podem apresentar a você a melhor solução para um relacionamento e, além disso, você pode conversar com eles sem medo de ser julgado ou se preocupar em tomar partido. Usar o aconselhamento depois de terminar um relacionamento pode ajudá-lo a reconhecer seus erros e, assim, reduzir a possibilidade de fracasso em seus relacionamentos futuros.

Para receber conselhos na área de Kat Kord, ligue para os principais especialistas do Centro de Aconselhamento Psicológico Mendan Nou pelo telefone 02191002360 para consulta por telefone a qualquer hora do dia.

Perguntas frequentes

O que fazer depois de cortar um relacionamento?

O primeiro passo é aceitar que seu relacionamento acabou e a partir de agora você deve continuar sua vida por conta própria. Depois disso, tente planejar seu tempo livre e diferentes horas de sua vida para que as emoções negativas não o incomodem.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo