Sucesso

A importância da inteligência emocional – o desenvolvimento de ideias

Devo admitir que sempre duvidei da minha inteligência. Quando eu era jovem e ouvi pela primeira vez sobre os testes de QI, fiquei fascinado. Eu queria ver como eu poderia comparar com os outros. Posso provar meu valor para meus colegas? Eu queria que o conhecimento absoluto e onisciente fosse o poder da minha mente.

Quando a internet estava tão prontamente disponível e “testes de QI gratuitos” estavam em toda parte online, fiquei horrorizado ao tentar. Eu defini minhas expectativas tão altas que não queria ser tão inteligente quanto esperava. Essa foi uma das principais preocupações da minha educação conservadora. Se eu mostrasse que minha educação era ruim, não admitiria minha compreensão retrógrada do mundo?

“Agir de forma inteligente exige mais do que apenas ser inteligente.”

Fiodor Dostoiévski

Acontece que eu nunca fiz um teste de QI e ainda não sei qual pode ser o meu resultado. Minhas dúvidas sobre minha inteligência muitas vezes me levaram a aceitar insultos de outras pessoas como “O que você é estúpido?” Sempre evitei discussões inteligentes com os outros por medo de expor minha falta de conhecimento.

A inteligência por si só pode nem sempre ser suficiente.

Levei anos para superar essas dúvidas, mas finalmente lidei com isso. Eu não deveria ser a pessoa mais inteligente da sociedade e tudo bem. Contanto que eu ouça, entenda, pense criticamente sobre questões e pesquise, posso criar algumas aparências inteligência Fazer ou inventar

A importância da inteligência emocional

Há alguns meses, enquanto procurava um artigo, me deparei com uma frase interessante sobre “Inteligência múltipla” enfrentou. Neste artigo, falamos sobre como o QI (um número arbitrário que atribuímos ao poder cerebral de uma pessoa) é apenas uma pequena parte do quadro e muito limitado. O QI faz parte de nossa capacidade de determinar razão e razão e é a única maneira de pensar e ter sucesso.

É claro que, à medida que aumentamos nossa compreensão de condições neurológicas e não neurológicas, como o autismo, a ideia de inteligências múltiplas não está longe. Todo mundo interpreta o mundo de maneira diferente, e resumir seu potencial para vários testes de QI é uma crença profundamente enraizada na capacidade (discriminação contra pessoas com deficiência).

O psicólogo que primeiro identificou essas diferentes formas de inteligência foi Howard Gardner em seu livro de 1983 Frames of Mind: A Theory. Inteligências múltiplas ele é. Ele divide os oito tipos comuns de inteligência da seguinte forma:

  1. Inteligência linguística (inteligência relacionada ao poder da fala)
  2. Inteligência lógico-matemática (inteligência relacionada ao poder do pensamento)
  3. Inteligência espacial (inteligência imaginativa)
  4. Inteligência somatocinética (inteligência relacionada à força da linguagem corporal)
  5. Inteligência musical (inteligência relacionada à força musical)
  6. Inteligência interpessoal (inteligência relacionada à força da comunicação interpessoal)
  7. inteligência interpessoal (inteligência relacionada à força dentro de uma pessoa)
  8. Inteligência natural (inteligência relacionada ao poder da natureza)

A pesquisa de Gardner moldou nossa compreensão do desenvolvimento infantil, mudou os métodos que os professores usam para ensinar seus alunos e também permeou negócios, saúde e outras profissões.

Continuei lendo e percebi que a inteligência interpessoal e a inteligência interpessoal são muitas vezes combinadas para criar a inteligência emocional. Outro estudo revelou que a inteligência emocional (IE) é muito importante em nossas vidas diárias. Na verdade, a inteligência emocional é mais influente na vida do que nossa pontuação de QI.

ler  33 belas citações de Henry Ford sobre sucesso, vida e aprendizado

com reforço inteligência emocional Podemos melhorar a nós mesmos e ao mundo ao nosso redor. Não é à toa que o mundo está tão confuso hoje em dia: as reações emocionais são ignoradas e a “racionalidade” é levada em consideração. Se pudermos desenvolver bem nossa inteligência emocional, podemos eventualmente tornar o mundo uma sociedade melhor para todos.

A importância da inteligência emocional

Inteligência emocional nos negócios

inteligência emocional Ele brilha particularmente nos negócios e é uma inteligência que foi recentemente procurada por gerentes de contratação e líderes do setor. Os programas de educação empresarial reconhecem a importância da inteligência emocional nos negócios. De acordo com a pesquisa da USC sobre inteligência emocional, os insights aplicados vão além da comunicação e da tomada de decisões para contratação, motivação da equipe, liderança, solução de problemas e mercado global.

A inteligência emocional está associada a características como perseverança, autocontrole e bom desempenho sob pressão. Essa inteligência proporciona aos líderes, independentemente de suas habilidades, a força emocional para se adaptar às mudanças e lidar com os contratempos.

O programa de MBA online da Universidade de Maryland também enfatiza a importância da inteligência emocional em seu currículo. Como a Universidade de Maryland mostra em um infográfico, uma maior inteligência emocional pode resultar em uma mudança positiva de 58% no desempenho no trabalho, enquanto um QI mais alto pode afetar o desempenho no trabalho apenas entre 4-25%. Da mesma forma, um estudo de Joshua Friedman descobriu que quando as empresas se concentram mais na inteligência emocional, elas podem ver um aumento de lucro de até 34%.

Uma maior valorização e aceitação da inteligência emocional pode ser um fator para aumentar as mulheres nos negócios. Como a USC e outros pesquisadores apontam, as mulheres tendem a pontuar mais alto em testes de inteligência emocional. Isso não significa que as mulheres sejam o único gênero capaz de alcançar alta inteligência emocional, mas isso pode explicar os benefícios de incluir mulheres nos conselhos. As mulheres trouxeram inovação e criatividade para muitas situações em que são necessárias, fornecendo insights de uma perspectiva diferente da do empreendedor padrão.

A afiliada global do Alibaba, a Amazon China, afirmou que as mulheres em cargos executivos de alto nível estão por trás do disfarce de sucesso. O fundador, Jack Ma, observou que o aumento da consciência emocional das mulheres e a capacidade de equilibrar lógica e emoção fizeram do Alibaba um gigante do comércio eletrônico.

É claro que, independentemente do gênero, pessoas com alta inteligência emocional podem trazer a criatividade necessária para o local de trabalho. Eles são mais propensos a abraçar a mudança, não culpar os outros por seus erros, não fornecer apoio a quem precisa e desafiar os estilos de pensamento daqueles com uma mentalidade mais cognitiva.

A importância da inteligência emocional

Inteligência emocional na escola e na juventude

Uma das questões-chave na pesquisa de inteligência emocional é se ela pode ser ensinada às pessoas.

De acordo com um artigo do New York Times, a resposta a esta pergunta é sim. Nas escolas de todo o país, os professores estão começando a ensinar Aprendizagem Socioemocional (SEL) com base na ideia de que “habilidades emocionais são essenciais para o desempenho acadêmico”, e pesquisas mostram que o melhor desempenho na escola está diretamente relacionado aos sentimentos dos alunos. Conectado.

ler  O papel do pai no sucesso do filho

Alunos cansados ​​e ansiosos que não têm um bom relacionamento em casa são menos propensos a tirar boas notas nas provas e absorver informações. Os alunos que se comunicam frequentemente em casa e com seus professores se saem significativamente melhor nos testes e podem se concentrar bem em seu trabalho.


Você pode gostar deste conteúdo